publicidade

UPA Queimadinha lotada por pacientes na fila da regulação; cidadão deve procurar outras unidades

IMG_9395

Por conta da lotação na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Queimadinha que está com todos os 14 leitos ocupados, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) orienta que a população, em situação de urgência e emergência, dê prioridade na procura de outras unidades e policlínicas.

Em Feira de Santana, 23 pessoas aguardam transferência para uma unidade hospitalar nesta quarta-feira (17). As vagas são disponibilizadas pelo Sistema de Regulação do Governo do Estado.

Do total, 14 pacientes aguardam na UPA Queimadinha, três na UPA Mangabeira e seis nas policlínicas municipais: Parque Ipê (2), George Américo (2), Rua Nova (1) e São José (1).

Entre os casos que chamam a atenção está o de um homem com cirrose alcoólica que espera transferência há sete dias em uma das unidades de pronto atendimento. Nas Policlínicas, uma idosa com doença hepática está há seis dias aguardando a remoção para um local de alta complexidade a fim de receber o tratamento adequado.

REGULAÇÃO ESTADUAL

O Sistema de Regulação Estadual é uma ferramenta do Governo do Estado que disponibiliza vagas em unidades públicas hospitalares conforme critério de gravidade e não proximidade, visando a democratização do acesso.

Para isso, o paciente atendido em uma unidade de urgência e emergência é avaliado e submetido a exames laboratoriais ou de imagem, de acordo com as condições clínicas.

Se comprovada a necessidade de assistência hospitalar, os profissionais da unidade solicitam a regulação no sistema para que o paciente tenha a assistência adequada.