publicidade

Governo da Bahia promove ações de assistência e igualdade durante a Micareta de Feira

6e1f5f91-e74e-47e0-bbf9-c8d2a5121792

A Micareta de Feira segue até domingo (21), e para garantir que todos possam curtir a folia em um clima de paz, o Governo do Estado está apoiando a festa com a oferta de serviços assistenciais para a população. A Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM) realiza a campanha “Oxe, me respeite!”, no circuito, oferecendo ventarolas, cartilhas Maria da Penha e informações sobre dignidade menstrual e assédio. Enquanto isso, a Secretaria de Promoção da Igualdade Racial do Estado (Sepromi), por meio da unidade Centro Nelson Mandela, presta orientações e registra violações de direitos raciais e religiosos.

Desde quinta-feira (18), durante a Micareta, a campanha ‘Oxe, me respeite!’ está sendo intensificada para garantir proteção e igualdade de gênero. A Unidade Móvel de Atendimento às Mulheres da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Bahia (SPM) está presente em Feira de Santana, oferecendo serviços multidisciplinares e realizando blitz educativa em parceria com o Detran.

Além disso, está disponível o App SPM Folia para Android e IOS, permitindo acesso à rede de apoio e promovendo valores de segurança, igualdade e empoderamento.

As ações também incluem a ativação da campanha Laço Branco, com distribuição de pulseiras no Bloco Lá Vem Elas, voltado para o público masculino. Todo esse trabalho é realizado em conformidade com a política integrada com a Rede de Enfrentamento à Violência contra a Mulher, em parceria com diversos órgãos. A iniciativa tem a colaboração da Defensoria Pública, o Ministério Público, a Ronda Maria da Penha, o Tribunal de Justiça, o Hospital da Mulher, as secretarias de Saúde e de Segurança Pública, prefeituras do interior, Centro de Referência de Atendimento à Mulher (Cram) e o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas).

A superintendente de Prevenção e Enfrentamento à Violência contra a Mulher da SPM, Camila Batista, explica que “nossa presença na Micareta de Feira é essencial para conscientizar a população sobre a importância do respeito e da igualdade de gênero. Estamos aqui para oferecer apoio e orientação, além de receber denúncias e encaminhá-las para as devidas providências”.

*Combate*
Simultaneamente, a Sepromi atua com iniciativas transversais durante a Micareta. A Unidade Móvel do Centro de Referência de Combate ao Racismo e à Intolerância Religiosa Nelson Mandela, está estruturada para atender com uma equipe multiprofissional à disposição dos foliões. Além disso, serão fornecidos locais de atendimento fixos e canais de denúncia para casos de racismo e intolerância religiosa durante a festa.

Aline Teles, Coordenadora do Sistema de Promoção da Igualdade Racial da Sepromi afirma que “é fundamental combatermos todas as formas de discriminação e preconceito. Nossa equipe está aqui para garantir que todos os foliões se sintam seguros e respeitados”.

*Acolhimento*
Além de serviços dedicados aos foliões, o governo da Bahia também investiu na assistência às pessoas em vulnerabilidade social, através de ações do Programa Corra pro Abraço. A iniciativa desenvolve medidas de redução de danos, distribuindo insumos como água, preservativos, lubrificantes e kits de higiene. A estimativa é que até o fim da festa, cerca de mil atendimentos sejam realizados, com foco especial nas pessoas em situação de rua e/ou vulnerabilidade social.

De acordo com Jéssica Bastos, Coordenadora de Ações do Programa, em Feira de Santana, “equipes volantes, equipadas para intervenções junto aos foliões, estão circulando para garantir atendimento às pessoas em contexto de uso de substâncias psicoativas. Além disso, a iniciativa orienta sobre autocuidado e assistência para aqueles em situação de vulnerabilidade social”.
O programa está em processo de expansão e já funciona em Salvador, Feira de Santana e Vitória Conquista, atuando em grandes eventos como a Micareta Feira e o Carnaval da capital baiana.

Repórter: Tácio Santos/GOVBA
Fotos Mateus Pereira GOVBA